Candeias: Dados da PM indicam mais ações e mais crimes

36

Levantamento da 10ª CIPM – Companhia Independente da Polícia Militar –, em Candeias, mostra ser preciso mais ações para a diminuição da maioria dos crimes registrados no município. No mesmo período de janeiro a 19 de agosto deste ano entre as comparações de 2015 e 2016 houve mais iniciativas da PM e também aumento do número da maioria dos crimes cometidos, isso pode ser em razão do trabalho das Polícias Civil e Militar.

IMG-20160822-WA0005Segundo o estudo preliminar do comandante da Companhia, major Eduardo Almeida, foram aumentadas as ações e, como consequência, mais delinquentes foram presos ou apreendidos, carros e motocicletas abordados e drogas e armas também apreendidas.

O ponto negativo é o aumento do número de homicídios que, no mesmo período de 2015 registrou 69 mortes, contra 75 em 2016. As tentativas de homicídio foram 64 em 2015 e 80 em 2016.

Foram efetuadas 3 prisões em cada um dos 2 anos por ordem da Justiça.

Ainda de acordo com os dados preliminares da 10ª CIPM, foram realizadas 121.589 abordagens a pessoas em 2015 contra 70.758 até agora em 2016; efetuadas 137 prisões até agosto de 2015 contra 149 no mesmo período deste ano; entre janeiro e 19 de agosto de 2015 foram abordados 6.846 veículos contra 15.944 no mesmo período deste ano e motocicletas foram 12.787 em 2015 e 23.911 este ano.

Drogas

Apreensão de drogas, como cocaína, craque e maconha também registrou aumento de volume em comparação ao período de janeiro a 19 de agosto de 2015 e 2016.

Foram registradas 26 ocorrências de apreensão de maconha no ano passado contra 88 este ano. Cocaína foram 31registros em 2015 contra 37 este ano. Crack foram 26 ocorrências em 2015 e 55 até 19 de agosto deste.

Importante lembrar que o levantamento foi feito fazendo comparação entre o mesmo período dos 2 anos (janeiro a 19 de agosto).

Segundo ainda o comandante, major Eduardo Almeida, o que a estrutura da corporação permitir em termos de ações de prevenção à violência, a 10ª CIPM não se furtará em defesa dos direitos de cidadãos e cidadãs de Candeias, Madre de Deus, São Francisco do Conde e São Sebastião, cidades da área de atuação da Companhia.

O subcomandante da 10ª CIPM, Capitão Moreno, colaborou com essa reportagem.

COMPARTILHAR