Candeias: Joelma Aneide, a nova secretária de Assistência Social

152

A secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, em qualquer município brasileiro, é considerada uma das mais importantes.

Nela, estãIMG-20160806-WA0025o concentrados órgãos e entidades de vital importância para o atendimento de pessoas de baixa renda como o programa Bolsa Família, o Conselho Municipal de Defesa da Criança e do Adolescente (CMDCA) cuja presidente eleita Cláudia Pimentel foi “irregularmente destituída pelo Sargento afastado”, e recebe recursos federais, quando tem projetos em ação para diversos programas, o que não aconteceu no governo destituído temporariamente porque fazia política partidária.

Na terça-feira (26/07), o Diário Oficial do Município publicou a nomeação da única mulher entre os novos secretários da gestão do prefeito em exercício Bom Jorge.

Trata-se de Joelma Aneide Barreto dos Santos Costa, administradora hospitalar, com experiência na área de saúde. Estagiou no Posto Médico Luiz Viana Filho, trabalhou no Hospital Medicina Humana e na empresa Bunge.

Joelma foIMG-20160806-WA0031i a primeira e única mulher nomeada no primeiro escalão.

Casada com Robert Costa, educador físico e proprietário da Academia Quality, onde desenvolve ações sociais, Joelma tem um casal de filhos – Ian, de 12 anos, e Sophia, de 9, é filha de Júlio Correia, empresário da material de construção.

Sempre simpática e com um sorriso brilhante, Joelma, em rápida conversa informal com a reportagem, disse que já arregaçou as mangas e em breve várias ações estarão ativas e à disposição dos candeenses na Sedas.

Por enquanto, organiza a pasta, já fez pequenas, mas importantes ações.

O Caos na Sedas

Chico x Neide

Nos últimos 3 anos e meio, na gestão do prefeito afastado, a secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social teve 4 titulares: Janemárcia Nunes, que é ex-pré-candidata a vereadora tinha o apoio da sucessora na pasta na campanha, Neide Silva, mulher do Sargento Francisco, também secretária por 1 ano. Os outros foram Carlos Alberto, engenheiro e radialista, e finalmente Fabiano Andrade, advogado. Os dois últimos ficaram na secretaria por aproximadamente 2 meses.

Janemarcia x NeideDesde o início da gestão do prefeito afastado, a secretaria foi pautada pela omissão ao atendimento às pessoas de baixa renda, principalmente em 2015 quando um período de forte chuva atingiu Candeias em abril e desalojados e desabrigado ficaram a espera de atenção por 2 meses, e por se transformar em “trampolim político”.

Muitos projetos com recursos do governo federal praticamente estavam parados na Sedas por falta de iniciativa de Janemárcia Nunes e Rosineide Silva, que ficaram 3 anos na secretaria como titular e subsecretária “produzindo apenas a imagem da ex-pré-candidata para concorrer a eleição de outubro deste anos”. Apenas o povo de baixa renda de Candeias perdeu com o descaso da Secretaria Social.

COMPARTILHAR