Candeias: Partidos podem ter candidatos impugnados

41

IMG-20160822-WA0002A Justiça da 127ª Zona Eleitoral pode impugnar dezenas de candidatos a vereador de vários partidos que apoiam tanto o candidato a Prefeito Dr. Pitagoras como a candidata Tonha Magalhães.

Despachos do juiz Sadraque Oliveira Rios, responsável pelas eleições deste ano em Candeias, e publicado no Fórum da Cidade pelo Chefe do Cartório da 127ª ZE, Roger Fassarella, no dia 21/08, pedem “diligências” contra os seguintes partidos: DEM, PMB, PMDB, PSB, PSD, PT, PTB e PTdoB.

Cumpridas as diligências no prazo de 72h, os candidatos podem ser impedidos ou não de disputar as eleições.

O documento ainda esclarece que as coligações e partidos que já cumpriram as exigências podem desconsiderar as diligências.

Edital de Impugnação

IMG-20160822-WA0003Em outro despacho, o Dr. Juiz Sadraque Oliveira Rios, dá prazo as coligações e partidos para que apresentem defesa em até 7 dias contra o Edital 0023 que pode tirar do pleito a Coligação “Sempre Candeias”, que apresenta candidatos do PTB, PTC e Solidariedade.

Também estão na mesma situação, candidatos do PTN E PV.

Entre os possíveis impedidos, estariam Antônio Fernando Bordoni, João Paulo de Oliveira, Toni Gleidson e o vereador e candidato a reeleição João Cláudio.

Ministério Público

O Ministério Público Eleitoral, em Candeias, pediu também impugnação de candidatos do PPL – Partidos da Pátria Livre –. Segundo o presidente da agremiação em Candeias, Everton Souza, o caso já foi entregue ao Assessor Jurídico, Dr. Fred Matos, que apresentará a defesa.

O caso seria em razão de possível irregularidade no prazo de filiação que descumpriria o Estatuto do PPL. Everton Souza nega falhas e já tranquilizou os candidatos.

 

COMPARTILHAR