Candeias: Prefeito e Sindicato dos Servidores discutem Guarda Municipal

804

Durante aproximadamente duas horas, na Sala de Reuniões da Prefeitura de Candeias, o prefeito Pitagoras Ibiapina, do PP, o secretário Carlos Guedes, de Administração, a procuradora geral do Município, Fernanda Pinto Braga de Souza, os vereadores Arnaldo Araújo, líder do governo na Câmara Municipal, Marivalda Silva e Diego Maia, e o presidente do Sindicato do Servidores Municipais de Candeias, Juscelino Santos, além de integrantes da diretoria da entidade, discutiram a implantação da Guarda Municipal na cidade.

Inicialmente, o prefeito agradeceu a presença de todos, lembrou que a pauta está inclusive no Plano de Governo e que era o momento de debater o assunto manifestando apoio para avançar na questão. Em seguida, abriu a palavra aos participantes.

O presidente do Sisemc, Juscelino Santos, aproveitou para destacar a necessidade da implantação imediata e, de acordo com a legislação vigente no país, da GM em Candeias, assim como já fizeram outros municípios baianos.

Enfatizou o líder sindical que os atuais vigilantes – aproximadamente 270 servidores – aguardam tal decisão porque estão ansiosos, se preparando e dispostos a se atualizar para a nova função muito importante para a comunidade candeense.

O secretário de Administração, Carlos Guedes, ressaltou que seria necessário ouvir as manifestações dos setores envolvidos e que deveriam ser seguidos os passos para as medidas adequadas sem prejuízo a nenhuma das partes.

Depois de ouvir a manife  stação de outros participantes da reunião, a procuradora geral de Candeias, Fernanda Pinto Braga Souza, se pronunciou a respeito de adequações necessárias a serem feitas na Lei que criou a Guarda Municipal de Candeias, que praticamente tem 15 anos, e que novas regulamentações foram introduzidas inclusive pelo Governo Federal há 3 anos.

Depois de analisar tudo o que recebeu de documentação já que foi uma primeira reunião de estudos, ela emitirá parecer técnico-jurídico para avaliação das partes interessadas.

Além de diretores do Sisemc, como Sílvio Santos, vigilante e estudante de Direito, participam da reunião, integrantes do Conselho Municipal de Segurança, e o representante da Federação Estadual de Guardas Municipais, José Carlos.

COMPARTILHAR