Candeias: Prefeito, vice, secretários e vereadores terão reajuste de 26% nos salários

641
Foto Ilustrativa

A medida foi aprovada no mês passado pelo Câmara de Municipal e entra em vigor em 2022 por causa da proibição determinada pelas medidas contra a pandemia

Desde de janeiro de 2017 nenhum servidor público, que faz a máquina funcionar, recebeu reajuste porque, segundo a gestão não concede ajuste dos salários dos quase mil trabalhadores da educação, saúde, social, infraestrutura e os demais tiveram a mão do prefeito para assinar atualização salarial.

Quando assumiu, o menor salário do servidor era quase 20% maior que o salário mínimo. Hoje, grande parte ganha como base o salário mínimo. A perda é de quase 23%.

Mas, para ele (prefeito), vice, secretários e vereadores a caneta deve ter sido Parker comprada com o suor dos cidadãos e cidadãs, dos empresários, comerciantes e trabalhadores autônomos, o gestor não tergiversou para colocar a assinatura e publicar um reajuste de mais de 26% (vinte e cinco por cento) para 20 produtivos e incansáveis secretários municipais, que passam de R$ 12.481,74 para a R$ 15.769.90, ou seja R$ 3.288,16 a mais, ou quase 3 salários mínimos, assim como a vice-prefeita.

Já o gestor – que no começo da pandemia fechou a Policlínica, demitiu 50 médicos, desativou o aparelho de ultrassom e comprou respiradores e mascaras superfaturados e por isso teve quase R$ 1 milhão bloqueado com secretário, funcionários e empresa pela Justiça Federal e agora promete comprar vacinas, fato inédito na história brasileira – vai passar de R$ 20.042,34 para R$ 25.322,25, ou seja 4,8 salários a mais por mês.

O salário dos vereadores passa de R$ 10,2 mil para 12,8 mil por mês.

Será que o servidor vai ter essa reposição???

O aumento foi publicado no Diário Oficial do Município:

NR.: Quem compra vacina é o Governo Federal. Estados recebem e distribuem para os Municípios que providenciam campanhas de vacinação.

COMPARTILHAR