Candeias: Prefeitura silencia diante de flagra de carro usado indevidamente

277
Foto enviada por App

Flagrante denunciado ontem pelo Tudo News coloca em xeque preocupação da gestão com o dinheiro público enquanto serviços de educação, saúde e urbanismo envergonham a cidade

Diante de fotografias e vídeo que mostram um carro Onix da frota alugada pela Prefeitura por milhões de reais, a Prefeitura de Candeias, na Região Metropolitana a 46 km de Salvador, nos fundos de um bar à noite, se recolheu ao silêncio clássico dos que admitem o erro, mas não comentam. Por quê?

Como disse Rubens Ricúpero, diplomata e ex-ministro da Fazenda do Brasil, “o que é bom a gente fala; o que não presta a gente esconde. Nós não temos escrúpulo”. Assim age a administração de Candeias, que tem R$ 30 milhões por mês, mas falta médicos pediatras no Luiz Viana, nos postos de saúde, escolas estão sucateadas, e o desrespeito flagrantes com os cidadãos e cidadãs extrapola a razoabilidade.

Além disso, bens públicos como máquinas e carros são usados para serviços em propriedades privadas sem a mínima cerimônia.

O prefeito e integrantes da equipe de saúde respondem a processos por superfaturamento na compra de respiradores e máscaras durante a pandemia. Quase R$ 1 milhão dos mesmos está bloqueado pela Justiça.

Apesar das dezenas de investigações e processos judiciais, as ações hibernam nas gavetas num flagrante marasmo e prática da frase de Rui Barbosa: “Justiça que tarda não é Justiça, senão injustiça manifesta”.

COMPARTILHAR