Candeias: Preparo inadequado de corpo de bebê causa indignação

825
Foto do caixão sobre uma tábua e próximo a um local onde se deposita lixo nos fundos do Hospital Ouro Negro - Candeias/BA

Imagens que circulam em vídeo pelas redes sociais da cidade foram feitas hoje, 9/06, à tarde, pela assessoria do vereador Arnaldo Araújo nos fundos do Hospital Municipal José Mário dos Santos

O preparo inadequado e desumano do corpo de um natimorto nas dependências do conhecido por Hospital Ouro Negro, da Prefeitura de Candeias, na Região Metropolitana a 46 km  de Salvador, mas que está sob intervenção há quase 4 anos sem perspectiva de mudança, causou revolta a todos que assistiram a forma como estão sendo tratados os mortos na cidade. Antes, ainda na Sessão da Câmara Municipal, o vereador do MDB já havia denunciado que um enterro foi realizado à noite no Cemitério Recanto da Saudade, em ambiente sem iluminação também provocando ainda mais mal-estar entre os poucos presentes por causa da pandemia da covid-19.

Mas como disse o ex-governador Otávio Mangabeira, afirma o líder da oposição: “Pense num absurdo. Na Bahia tem precedentes”. Poucas horas depois, à luz do início da tarde de hoje, uma cena constrangedora foi assistida por várias pessoas, filmada e que circula nas redes sociais.

A alegação de quem tinha a responsabilidade de levar o corpo do bebê para sepultamento era a de que “no local adequado havia 2 corpos com covid-19 e não poderia ser feito lá”.

“Deduz-se, então, acrescenta Arnaldo, que a Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, não preparou a cidade, embora tenha feito promessa de hospital de campanha, não cumprida, assim como tantos outros desrespeitos, para um momento que o mundo sabe ser grave e de consequências imprevisíveis e danosas a todos”.

“Lamento ver a minha cidade, e essa população tão dedicada e religiosa, assistindo tais momentos tão tristes e, mais, perceber a impotência de um pai que acompanhava sem nada poder fazer tamanha desumanidade”, diz o edil.

Aproveito para apresentar minha solidariedade aos familiares e parentes pelo momento de dor e ainda o constrangimento a que foram submetidos, finaliza Arnaldo.

Em nota, com erros de gramática e que não assume tão grave erro como ocorre na atual gestão, a Prefeitura repudia:

Nota de Esclarecimento e Repúdio

A prefeitura de Candeias recebeu com extrema indignação as imagens divulgadas nas redes sociais, onde o corpo de um natimorto está sendo preparado de forma indevida, por agentes funerários, no fundo do Hospital Ouro Negro. A Secretária de Saúde, tão logo tomou conhecimento do fato, abriu uma sindicância para apurar o ocorrido e identificar todos os envolvidos. A Secretária de Saúde, Soraia Cabral, informa que não vai tolerar o descaso da equipe relacionada ao fato, tendo determinado agora à (há) pouco o afastamento imediato dos mesmos, até que se apure a responsabilidade, para a aplicação das medidas cabíveis, que podem resultar no desligamento dos envolvidos. A prefeitura também notificou a empresa responsável pelo serviço funerário para se pronunciar sobre o procedimento do agente funerário”.

NR.: A redação decidiu não exibir o vídeo em respeito aos familiares e parentes do natimorto.

COMPARTILHAR