Copa do Brasil: Palmeiras vence Grêmio em Porto Alegre

147
Foto: Reprodução Internet

Luan foi expulso aos 20 minutos do segundo tempo e complicou a vida Alviverde no jogo; apesar das dificuldades, o Verdão conseguiu segurar a enorme pressão gremista

Pelo primeiro jogo da final da Copa do Brasil 2020, o Palmeiras venceu o Grêmio na Arena do Grêmio por 1 a 0 com gol de Gustavo Gómez e vai com vantagem para o jogo de volta que acontece no próximo domingo, 7/3, no Allianz Prque.

O jogo de ida da Copa do Brasil não podia começar diferente, com as duas equipes se estudando e já se provocando desde o apito inicial. Kannemann era o jogador em campo que estava mais elétrico e que buscava o contato com os atacantes palmeirenses nas jogadas ofensivas. O zagueiro até chegou a travar um pequeno duelo com Luiz Adriano, mas que foi disperso rapidamente.

As equipes tentavam sempre chegar o mais perto possível dos gols com o toque de bola e não usavam os chutes de longe. Raphael Veiga e Rony até tentaram arriscar de fora da área em cobranças de falta e Alisson pelo lado do Grêmio.

O Palmeiras não vinha usando os seus homens de área e sempre tentava sair jogando com toques curtos, assim Luiz Adriano ficava muito isolado no ataque, além dos zagueiros, que quando subiam para o ataque, não recebiam a bola na cabeça.

No terceiro escanteio do jogo apenas, Abel Ferreira colocou todos os jogadores altos na entrada da área e assim que a cobrança foi feita, todos entraram e Gustavo Gómez apareceu livre para cabecear firme, sem chances para Paulo Victor defender. Assim o Verdão foi para o intervalo com a vantagem no placar em primeiro tempo que não teve muitas emoções.

O Palmeiras voltou do intervalo com uma postura mais cautelosa e esperava mais o Grêmio no campo de defesa, porém quando tinha a bola, subia com velocidade ao ataque para tentar pegar a defesa Tricolor desarrumada, principalmente quando a bola chegava em Rony ou Wesley.

A defesa alviverde não deixava que os atacantes mandantes trabalharem e a posse de bola gremista ficava entre a zaga, não colocando para participar no jogo quem precisava como Diego Souza e Pepê.

Aos 20 minutos do segundo tempo, Luan acertou Diego Souza no rosto e recebeu o catão vermelho direto. Com um homem a mais, Renato colocou mais jogadores ofensivos e passou a criar chances muito perigosas, principalmente com Ferreirinha pelo lado direito, que bagunçava a defesa do verdão com as jogadas individuais muito rápidas. Churín também passou a ser mais um alvo do ataque, colocando ainda mais estatura dentro da área palmeirense.

Precisando do resultado, Renato mandou todo o time para o ataque e buscava aproveitar a vantagem numérica no campo. Abe Ferreira respondeu colocando mais jogadores de velocidade e defesa, como Gabriel Veron e Danilo. Dessa forma o jogo virou um ataque contra defesa e o Palmeiras se segurava do jeito que podia com 10 homens.

Apesar da blitz dos mandantes, os zagueiros Alviverdes prevaleceram e conseguiram parar o adversário e levam um resultado importante para o segundo jogo, em São Paulo.

No jogo de volta, o Palmeiras recebe o Grêmio no Allianz Parque no próximo domingo (07), às 18h. Caso o Grêmio empate no agregado, teremos disputa de pênaltis.

Ficha técnica

Grêmio 0 x 1 Palmeiras

Local: Arena do Grêmio

Data-Hora: 28/02/2021 – 21h00

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique-RJ

Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa-RJ e Alessandro Alvaro Rocha de Matos-BA

VAR: Rodrigo Nunes de Sa-RJ, Caio Max Augusto Vieira-RN e Diogo Carvalho Silva-RJ

Cartões amarelos: Diogo Barbosa, Kannemann e Vanderson (GRE); Zé Rafael e Willian (PAL)

Cartões vermelhos: Luan (PAL)

Gols: (PAL) Gustavo Gómez (32’/1ºT)

Grêmio: Paulo Victor; Victor Ferraz (Churín, 26’/2ºT), Paulo Miranda (Thaciano, 36’/2ºT), Kannemann e Diogo Barbosa; Maicon (Ferreira, 26’/2ºT) e Matheus Henrique; Alisson (Vanderson, 36’/2ºT), Jean Pyerre (Isaque, 36’/2ºT) e Pepê; Diego Souza. Técnico: Renato Gaúcho.

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Viña; Felipe Melo (Zé Ricardo, 24’/1ºT) e Zé Rafael (Danilo, 31’/2ºT); Wesley (Alan Empereur, 22’/2ºT), Raphael Veiga (Gabriel Menino, 22’/2ºT) e Rony (Mayke, 31’/2ºT); Luiz Adriano (Gabriel Veron, 26’/2ºT). Técnico: Abel Ferreira.

COMPARTILHAR