Copa Nordeste: Vitória cede no fim e perde para o Ceará

95
Foto: Ceará Sport Clube

O Vovô venceu Leão Baiano por 3 a 1. Saulo Mineiro, duas vezes, e Jacaré, fizeram os gols do Alvinegro, enquanto Vico descontou, de pênalti, para os baianos

O Ceará jogando pela segunda rodada da Copa do Nordeste 2021, na Arena Castelão, com uma equipe alternativa venceu o Vitória por 3 a 1. Jacaré, aos 18 minutos do segundo tempo, abriu o placar Alvinegro de Porangabuçu. Vico, de pênalti, aos 33 minutos da etapa final, empatou para os baianos. Contudo, aos 43 minutos do segundo tempo, Saulo Mineiro tirou a igualdade do placar. Ainda houve tempo para mais um gol dos cearenses, aos 2 minutos dos acréscimos, novamente com Saulo Mineiro, que deu números finais à partida.

Dessa forma, o Vovô venceu pela primeira vez na Copa do Nordeste 2021, pois, na rodada de estreia, empatou com o ABC-RN. Assim, o Alvinegro tem quatro pontos em dois jogos. Já o Rubro-Negro Baiano permaneceu com três pontos, pois venceu o Santa Cruz por 2 a 0 na abertura do torneio.

O primeiro tempo começou morno, com muitas faltas e poucas oportunidades. O Ceará tocava bastante a bola, mas sem objetividade. Enquanto isso, o Vitória levou perigo por meio de transições velozes. Mas, após os 15 primeiros minutos, o Vovô passou a ser mais agressivo e a criar chances de gol. Kelvyn, aos 38, acertou chute forte na trave. Contudo, o zero manteve-se no placar ao fim da primeira metade do jogo.

Na segunda etapa, o Alvinegro pressionou os baianos logo de início, mas não conseguiu finalizar as jogadas com qualidade. Contudo, aos 18 minutos, em contra-ataque rápido, Marlon tocou para Jacaré, que, da entrada da área, chutou forte de primeira, no ângulo, para abrir o placar para o Vovô.

Após o gol, o Ceará permaneceu melhor na partida e quase ampliou a diferença. Mas um momento de desatenção quase fez com que dois pontos escapassem do Vovô. Aos 33 minutos, após indefinição de Klaus e Richard dentro da grande área defensiva, David, do Vitória se antecipou e foi derrubado pelo goleiro alvinegro. Foi marcada penalidade máxima e Vico a converteu.

Mas, aos 43 minutos do segundo tempo, Jacaré roubou bola na extremidade esquerda e cruzou para a área, na cabeça de Saulo Mineiro, que finalizou para o gol. O goleiro Yuri defendeu, mas, no rebote, Saulo converteu e tirou a igualdade do placar. Ainda houve tempo para mais uma bola na rede para Saulo Mineiro, que, aos 47 da etapa final, chutou forte da entrada da área e deu números finais ao jogo: Ceará 3 a 1 no Vitória.

COMPARTILHAR