Da Urbis II ao Centro Sargento Francisco recebe apoio de eleitores

85
Fotos: Abdias Alves e Assessoria PL/Candeias

Na sexta-feira, na Urbis II, lembrou as ações na comunidade e no Centro, ontem, 31/10, ratificou que o sufoco com taxas e impostos exorbitantes acabam para gerar emprego e renda

A Comitiva do 22, tendo à frente o Sargento Francisco e a candidata a vice, Lindinalva Freitas, realizou mais duas ações de corpo a corpo levando as propostas da Coligação “Por uma Candeias mais justa e mais humana”, integrada pelo PL, Cidadania, Patriota, PCdoB, Podemos, Rede e Solidariedade.

Pode onde passa, eleitores afirmam que têm certeza da vitória do 22 para ter Candeias com respeito e humanismo.

Na Urbis II confirmou que vai realizar tudo o que deixou para atual desastrada gestão realizar e não conseguiu fazer por incapacidade, como a praça do bairro onde havia projeto e recursos desde o fim de 2016. “Vamos urbanizar a praça e reformar a escola, assim como o posto médico, todos degradados por quem não gosta de gente”.

Fez questão de desmentir categoricamente e emocionado “o que gente sem escrúpulos e desonesta tenta colocar na cabeça de quem não conviveu com minha mãe que sofreu uma doença terminal. Os vizinhos sabem que ela contava com duas cuidadoras diariamente para ter o melhor que podia fazer”, afirmou.

“Candeias e a Urbis II vão ter mais qualidade de vida porque se não nos 4 anos e 6 meses que fui prefeito, pensei no futuro de deixa R$ 50 milhões em projetos como a praça deste bairro, o CRAS-AD, o Creas da Pitanga, o Ginásio de Esporte da Caroba, milhões de reais para pavimentar com asfalto e calçamento os distritos da Caroba, Meninos Jesus, Passagem dos Teixeira e Passé”, afirmou.

Centro

O sábado, 31/10, foi diferente para os moradores e comerciantes do centro econômico de Candeias, Ruas como Antônio Paterson, 13 de Maio e Praça Dr. Gualberto onde mais uma vez, o Sargento Francisco apontou “o sacrífico a que foram submetidos nos últimos 44 meses todos os que produzem renda e emprego na cidade. “Muitos fecharam as portas, perderam empregos e Candeias perdeu o elã de cidade de comércio pujante porque o atual prefeito somente pensa em arrecadar e tirar do cidadão e da cidadã para guardar dinheiro pela avareza que tem”.

Garanto a vocês que em janeiro tudo vai mudar. Valores de taxas e impostos vão ser reduzidos e dispensados até a recuperação depois desse desastre administrativo aliado a pandemia, que o médico não soube combater sacrificando pessoas e vidas, quase destruindo a autoestima do candeense”. Não percam a esperança porque assim que assumir vamos todos discutir ações efetivas que possam ajudar aqueles que produzem em Candeias (empresários e trabalhadores) porque nossa cidade é o lugar onde temos que nos sentir bem”, finalizou o Sargento Francisco.

Galeria fotos:

COMPARTILHAR