Dudu é inocentado de acusação de agressão à ex-mulher

142
Dudu, ex-jogador do Palmeiras

O atacante, hoje no Al-Duhail, do Catar, foi acusado de agredir a ex-mulher em junho de 2020. Na época, o atleta ainda defendia o Palmeiras

Na terça-feira, 19/1, a delegada Adonilza Lopes de Oliveira, da 9ª Delegacia de Defesa da Mulher, concluiu o inquérito e inocentou o jogador Dudu, ex-Palmeiras, da acusação de agressão à ex-mulher, Mallu Ohanna. A assessoria de imprensa do atleta confirmou a informação através de nota oficial.

O atacante, hoje no Al-Duhail, do Catar, foi acusado de agredir a ex-mulher em junho de 2020. Na época, o atleta ainda defendia as cores do Palmeiras. Pouco depois, o camisa 7 deixou o clube paulista rumo ao futebol árabe. Segundo o inquérito policial, não foi possível comprovar que houve a agressão. Foram analisadas câmeras de segurança do local e depoimentos de pessoas envolvidas. Além de inocentar o jogador, a delegada ainda sugere que o MP enquadre Mallu em alguns crimes.

No Catar desde julho de 2020, Dudu já soma 22 jogos e 11 gols com a camisa do Al-Duhail. Pelo Palmeiras, o ídolo atuou chegou ao clube em 2015. Conquistou os títulos do Campeonato Brasileiro de 2016 e 2018 e da Copa do Brasil em 2015. Fez parte também do time campeão paulista de 2020, mas não defendia mais o clube na reta final da competição.

COMPARTILHAR