Estudante de direito é preso por tráfico de drogas no interior baiano

29
Foto: Divulgação SSP/BA

Com o intuito de identificar o destino de postais com entorpecentes enviados via Correios, policiais do Draco (Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado), da Cati (Coordenação de Apoio Tático à Investigação), no Oeste, da Polícia Federal e do setor de segurança dos Correios prenderam em flagrante, por tráfico de drogas, um estudante de direito com uma caixa resgatada na agência de Barreiras, na segunda-feira, 22/11.

Os policiais acompanharam o percurso da embalagem até seu destinatário. “Aguardamos a entrega ser concluída e abordamos o homem, de 23 anos, que deixava os Correios com a caixa recebida junto ao corpo. Ao abrir identificamos 1.176 kg de maconha prensada e embalada em saco plástico”, explicou o titular da 1ª DTE (Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes), delegado Yves Correia.

A maconha encontrada tem um valor comercial alto. “O quilo desta maconha é comercializado em média por R$ 3 mil. Essa é uma apreensão importante, além de um trabalho investigativo em conjunto no qual logramos êxito”, disse.

O estudante teve a prisão em flagrante convertida em preventiva e segue à disposição do Poder Judiciário em Barreiras.

Fonte: Ascom / PC/BA

COMPARTILHAR