Ex-campeão chora e nega doping

2318
Foto: Reprodução Internet

A primeira declaração de Jon Jones sobre a detecção de resquícios de turinabol, revelada no último domingo (23), foi feita pelo Twitter, afirmando que é um atleta limpo. E, na madrugada de segunda-feira (24), o ex- campeão dos meio-pesados (93 kg) voltou a se pronunciar: fez uma transmissão ao vivo no Instagram a fim de se comunicar diretamente com os torcedores sobre a mais nova polêmica que lhe envolve.

A presença do esteroide nos exames antidoping fez o Ultimate mudar os planos do UFC 232. Como a Comissão Atlética do Estado de Nevada (NSAC) se negou a conceder a licença para ‘Bones’ lutar em Las Vegas sem ter tempo para investigar os resultados laboratoriais, a organização levou o show para a Califórnia, onde o ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) já tinha autorização para entrar no octógono. O esforço da empresa e o passado suspeito de Jones causaram uma reação majoritariamente negativa de muitos atletas, a exemplo de Daniel Cormier, Alexander Gustafsson e Corey Anderson.

Na ‘live’, Jon afirmou que chegou a chorar quando soube da situação e que se sentiu tão decepcionado quanto os fãs. Apesar disso, reiterou que não teve culpa da aparição do turinabol e disse que está tomando providências para minimizar os efeitos da alteração para algumas pessoas que pretendiam ir a Las Vegas vê-lo no octógono.

COMPARTILHAR