Fazenda furtava energia Bahia no valor de R$ 143 mil

326
Foto: Ascom Coelba

Em operação realizada no município de Alcobaça, no Extremo Sul baianao a 695 km de Salvador, a Coelba, em conjunto com a Polícia Civil de Teixeira de Freitas, flagrou uma fazenda produtora de café com furto de energia nas instalações. A irregularidade desativada representou um desvio de 238 megawatt-hora (mwh), energia suficiente para abastecer duas mil residências durante um mês.

O desvio de energia gerou um valor estimado de R$ 143 mil, que será recuperado através da cobrança ao proprietário da fazenda. A partir deste valor será realizada a arrecadação de impostos Estaduais e Federais que são revertidos para sociedade.

No trabalho de perícia realizado por técnicos do DPT (Departamento de Polícia Técnica) de Teixeira de Freitas, foram retirados 70 metros de cabos e um transformador que eram utilizados na rede clandestina construída para levar a energia furtada até a unidade.

A fazenda alvo desta operação foi mapeada através de análises nos softwares da Coelba, associados a sensores inteligentes que controlam o fluxo de energia elétrica na rede de distribuição que auxiliaram as ações de investigação de campo. O “gato de energia” encontrado representava, ainda, um risco a segurança para a população local, uma vez que a ligação foi feita fora dos padrões técnicos.

Crime e denuncias       

A Coelba ressalta que o furto de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, com pena de até a oito anos de reclusão pela prática ilegal. Por isso é importante a denúncia de fraudes e furtos de energia. O apoio da comunidade é essencial para identificar os desvios e acionar a distribuidora. As denúncias são feitas de forma anônima através do telefone 116 ou pelo site www.coelba.com.br, na parte de Serviços, na aba Denúncia de Irregularidade.

Fonte: Ascom Coelba

COMPARTILHAR