Fevereiro termina com muita chuva em parte do Nordeste

72

Depois do temporal São Luís superar a média de chuva para este mês, fevereiro termina com muita chuva em parte do Nordeste

O Norte do Maranhão foi uma das áreas onde mais choveu no Brasil entre 22 e 23 de fevereiro. Na região de São Luís, Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) registrou 94,2 mm em 24h, entre 9h do dia 22 e 9h e 23 de fevereiro.  Em Zé Doca, no mesmo período, o acumulado foi de 80 mm e em Bacabal choveu 68 mm.

Após essa tempestade na região de São Luís, o volume de chuva acumulado no mês de fevereiro aumentou para 342,5 mm superando ligeiramente a média para o mês, que é de 321 mm, segundo o Inmet.

O volume de 94,2 mm registrados sobre São Luís foi a maior quantidade de chuva em 24h, para o mês de fevereiro desde fevereiro de 2018, quando choveu 125,2 mm entre os dias 3 e 4 daquele mês.

Um vórtice ciclônico em altos níveis da atmosfera vai ficar na costa do Nordeste e a circulação de ventos deste sistema vai estimular a formação de nuvens carregadas em muitas áreas da Região. Além disso, as áreas de instabilidade da Zona de Convergência Intertropical também vão levar nuvens carregadas para parte do Nordeste.

A previsão é de que no restante desta semana, até o dia 28 de fevereiro, as pancadas de chuva sejam frequentes sobre o Maranhão e o Piauí no Ceará sobre o sertão do Pernambuco e também no oeste da Bahia no Vale do São Francisco e na região de Sobradinho.

As áreas de instabilidade nessas regiões se intensificam nos dias 25 e 26 de fevereiro e há risco de tempestades, com raios e chuva bastante volumosa.

Apenas neste período até o dia 28 de fevereiro, várias áreas no sul do Maranhão e do Piauí poderão acumular de 100 a 200 mm de chuva. Em outras áreas desses estados e também no Sertão de Pernambuco, no Oeste e Norte da Bahia pode chover de 60 a 100 mm neste período.

COMPARTILHAR