Grêmio tenta hoje o bicampeonato mundial

732

O Grêmio pode conquistar o mundo neste sábado. Para isso, precisa vencer nada mais, nada menos do que o Real Madrid, do craque português Cristiano Ronaldo, na final do Mundial de Clubes. A partida vai ser às 15h (de Brasília), no estádio Zayed Soccer City, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Esse enfrentamento não será o primeiro entre Grêmio e Real Madrid. Os dois clubes já duelaram uma vez. Em 1961, realizaram um amistoso na França. A partida terminou com a vitória merengue por 4 a 1. Os gols espanhois foram marcados pela lenda húngara Puskás, duas vezes, Del Sol e Mateos. O gol gremista foi de João Cardoso.

Contudo, o desempenho do Real Madrid diante dos brasileiros é apenas mediano. Em 39 partidas, o time espanhol venceu 16, empatou 10 e perdeu 13. O último jogo foi justamente numa partida de Mundial, em 2000. Os merengues encararam o Corinthians e empataram por 2 a 2, no Morumbi, em São Paulo.

O retrospecto gremista contra clubes europeus é de 67%, com 52 vitórias, 14 empates e 24 empates em 90 jogos. A última partida contra um europeu foi contra o Hamburgo-ALE, em 2012, em amistoso na inauguração da Arena. O Tricolor venceu por 2 a 1, gols de André Lima e Marcelo Moreno. Westermann fez para o Hamburgo.

O time brasileiro deve entrar em campo no Estádio Zayed Soccer City, palco da final, com Marcelo Grohe (goleiro), Edílson, Geromel, Kannemann, Bruno Cortez, Michel, Jailson, Ramiro, Luan, Fernandinho e Lucas Barrios.

O Real Madrid deve começar o jogo com Navas (goleiro), Carvajal, Varane, Sergio Ramos, Marcelo, Casemiro, Modric, Kroos, Isco, Cristiano Ronaldo, Benzema. A equipe é dirigida pelo técnico Zinedine Zidane.

COMPARTILHAR