Lauro de Freitas: PT ‘isola’ ex-secretário

1403
Foto: Reprodução Internet

O ex-secretário de Planejamento de Lauro de Freitas, cidade na Região Metropolitana a 18 km de Salvador, Mauro Cardim (condenado à prisão por cárcere privado e que responde a processo por fraude) foi afastado da função pela prefeita Moema Gramacho por se tornar ‘um espinho’ para a gestão e, nos meios políticos, se tem como certo que o ‘presunçoso’ trabalhava na Secretaria para angariar apoio e tentar ser candidato a prefeito em 2020.

Descoberto, assim como foi pela Justiça e pelo Ministério Público de vários Estados (reportagem de 8/05/2019 – tudonews.com.br/assembleia-da-bahia-concede-comenda-a-condenado-a-prisao-e-que-responde-a-processos/), Cardim hoje é peça figurativa no gabinete da Prefeitura.

Para estar próximo do poder, Cardim se submete à situação constrangedora de ficar numa sala praticamente sozinho sem tomar nenhuma decisão administrativa em Lauro de Freitas.

Segundo fontes ligadas à gestão, que preferem o anonimato, ele não participa praticamente de nenhuma decisão considerada importante no dia-a-dia da Administração.

Você pode enganar uma pessoa por muito tempo; algumas por algum tempo; mas não consegue enganar todas por todo o tempo”, Abraham Lincoln, ex-presidente dos Estados Unidos da América.

Quem é o pirata?

Sobre a reportagem que denunciou a vida pregressa de Mauro Cardim, ele, por meio de grupos de Whats’App, informou que o portal de notícias tudonews.com.br é ‘pirata’ e teria vinculações políticas.

Apenas esclareço que os métodos do portal que tem CNPJ / MEI 28………./0001-80 – e o responsável não responde a processos por fraude, nunca foi condenado por cárcere privado nem usou a mãe para dar carteirada – são muito diferentes do perfil do empresário e pretenso candidato a político.

Yancey Cerqueira,

Radialista DRT/BA 06

COMPARTILHAR