Lula vai ser transferido para Curitiba, onde começa a cumprir pena

528

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está sendo levado para Curitiba, onde irá cumprir pena em uma cela especial na Superintendência da Polícia Federal. Lula foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

Lula foi levado em um helicóptero do governo de São Paulo para o Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, de onde partiu para Curitiba. O ex-presidente está acompanhado de dois advogados, de acordo com a Polícia Federal.

Antes de embarcar, ele passou por exame de corpo de delito na Superintendência da PF em São Paulo e foi atendido por médicos do Instituto Médico Legal.

Lula entregou-se à PF em São Bernardo do Campo (SP), por volta das 19h50, após resistência de apoiadores que chegaram a impedir a saída do ex-presidente da sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, onde ele estava desde quinta-feira (5).

Último discurso

No início da manhã, o ex-presidente participou de uma missa em memória de Marisa Letícia, que completaria 68 anos neste sábado. Depois, ao lado de ex-ministros, lideranças do PT e da ex-presidente Dilma Rousseff, Lula fez um discurso para os militantes que estavam em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

Ao falar pela primeira vez publicamente após a decisão do juiz Sérgio Moro que expediu sua ordem de prisão, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva informou que iria cumprir a medida judicial, mas fez duras críticas à Justiça, ao Ministério Público e à imprensa.

“Eu sou o único ser humano processado por um apartamento que não é meu, e eles sabem que a Lava Jato mentiu que era meu, o MP mentiu que era meu, e eu pensei que o Moro ia resolver e também mentiu que era meu, e me condenou”, disse em discurso que durou 55 minutos.

COMPARTILHAR