Morre de covid-19 o prefeito de Vitória da Conquista

111

Herzem Gusmão havia sido reeleito em 15 de novembro do ano passado

Morreu na noite de quinta-feira, 18/3, em São Paulo, Herzem Gusmão (MDB), de 72 anos, prefeito de Vitória da Conquista, no Sudoeste baiano a 505 km de Salvador. Ele estava internado desde dezembro do ano passado por causa da covid-19. A informação foi confirmada pelo perfil oficial do político.

É com mais profundo pesar que informamos o falecimento do Prefeito de Vitória da Conquista, Sr. Herzem Gusmão, ocorrido na noite desta quinta (18), por volta das 21h, no Hospital Sírio Libanês. Informações do velório serão passadas pela Secom (Secretaria de Comunicação). A família agradece todas as orações pela vida de Herzem,” escreveu o perfil.

Herzem testou positivo para o novo coronavírus no dia 7 de dezembro do ano passado. Pouco tempo depois do diagnóstico, ele foi internado no Hospital Samur, ainda em Conquista, devido a complicações pulmonares.

Depois de piora no estado de saúde, Herzem foi transferido dia 26 de dezembro para o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde seguiu internado em um leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Na última sexta, 12, ele chegou a ser intubado.

As informações sobre o velório e sepultamento serão divulgadas pela secretaria de comunicação. Herzem deixa esposa, três filhos e um neto.

Reeleito em segundo turno

Na disputa das eleições em 2020, Herzem foi reeleito prefeito de Vitória da Conquista em segundo turno, no dia 29 de novembro. Por causa da doença, Herzem tomou posse do cargo em cerimônia virtual, feita do leito do hospital, no dia 8 de janeiro deste ano. A vice-prefeita, Sheila Lemos (DEM), está à frente da administração da cidade.

COMPARTILHAR