Morre o ex-goleiro e preparador Valdir de Morais

198

O Palmeiras anunciou no sábado, 11/01, a morte aos 88 anos de idade de Valdir de Morais, ex-goleiro e um dos maiores ídolos da história do clube.

Valdir Joaquim de Morais estava debilitado desde 2016, quando sofreu um AVC. Ele estava internado em Porto Alegre, cidade onde nasceu e residia, e o quadro apresentou piora nos últimos meses. Ele passou mal durante a madrugada de sábado e veio a falecer após falência múltipla de órgãos.

Com a camisa do Verdão, ele conquistou os títulos do Campeonato Paulista em 1959, 1963 e 1966; Campeonato Brasileiro em 1960, 1967 (Torneio Roberto Gomes Pedrosa) e 1967 (Taça Brasil); Torneio Rio-São Paulo em 1965.

Valdir também foi o primeiro preparador de goleiros a atuar no futebol brasileiro, sendo pioneiro na função em solo nacional.

Carreira no Palmeiras:

Jogos: 480

Vitórias: 291

Empates: 93

Derrotas: 96

Títulos: Campeonato Paulista em 1959, 1963 e 1966; Campeonato Brasileiro em 1960, 1967 (Torneio Roberto Gomes Pedrosa) e 1967 (Taça Brasil); Torneio Rio-São Paulo em 1965

Nome: Valdir Joaquim de Morais

Nascimento: 23/11/1931

Falecimento: 11/01/2020

Naturalidade: Porto Alegre-RS

Período: 1958 a 1968

Clube anterior: Renner-RS

Posição: Goleiro

Jogos: 480 (291 vitórias, 96 empates e 93 derrotas) *Seu verdadeiro nome termina com Morais, mas ficou conhecido como Moraes por engano.

Estreia: Palmeiras 7×1 Ituano (28/09/1958)

Último jogo: Palmeiras 0x2 Estudiantes-ARG (16/05/1968)

Principais títulos: Campeonato Paulista em 1959, 1963 e 1966; Campeonato Brasileiro em 1960, 1967 (Torneio Roberto Gomes Pedrosa) e 1967 (Taça Brasil); Torneio Rio-São Paulo em 1965.

COMPARTILHAR