Nota Técnica do laboratório estadual orienta unidades de saúde da Bahia

353
Foto: Reprodução Internet

Com o objetivo de orientar todas as unidades de saúde do Estado da Bahia, sejam elas públicas, privadas, filantrópicas e outras, para a coleta de exames de confirmação diagnóstica para o Covid-19, a Secretaria da Saúde do Estado, por meio do Lacen (Laboratório Central do Estado) publica Nota Técnica com todas as orientações necessárias.

A Nota Técnica traz orientações em relação à indicação para coleta de amostras respiratórias para confirmação laboratorial de infecção pelo SARS-CoV-2, agente etiológico do Covid-19.

Com isso, a equipe do Lacen quer evitar o impacto direto na capacidade operacional do laboratório, em realizar os exames laboratoriais, provocando uma sobrecarga da capacidade instalada e a utilização excessiva de materiais (kits para coleta, meio de transporte e diagnóstico).

O Lacen adotou as seguintes orientações para o envio de amostras:

  1. Pacientes com sinais de gravidade SRAG ou internados;
  2. Pacientes sem sinais de gravidade contactantes de caso de COVID-19 suspeito ou confirmado, ou com histórico de viagem recente ao exterior em países com circulação do SARS-CoV2, e regiões do país com transmissão comunitária sustentada;
  3. Profissionais de saúde com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
  4. Gestantes com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
  5. Pessoas com febre, suspeitas de infecção, triadas nos Aeroportos, Portos e nas Estradas

Pacientes que não se enquadrem nas situações acima não tem indicação para coleta de amostras.

Fonte: Secom / BA