OMS admite tendência de queda da covid-19 no Brasil

237
Michael Ryan, diretor da OMS (Organização Mundial de Saúde)

A entidade ressaltou que ainda há locais que registram aumento, então País deve concentrar esforços para manter a queda

O diretor de emergências da OMS (Organização Mundial da Saúde), Michael Ryan, afirmou nesta sexta-feira, 21/08, que o Brasil atingiu estabilidade no número de novas infecções de covid-19 com alguns locais em tendência de queda, mas que padrão precisa ser mantido para progredir no combate à doença.

“Estamos neste período difícil no Brasil, onde a situação parece estar melhorando, mas agora é necessária uma resposta muito forte e dedicada para suprimir a transmissão”, disse durante coletiva de imprensa.

O diretor que ressaltou que pelo País ser grande em extensão, há áreas que ainda enfrentam alta nos casos. “Mas, no geral, a tendência no Brasil é de estabilidade ou queda e isso precisa continuar”.

O Brasil tem registro até ontem, 20/08, de 3.501.975 casos e atinge 112.304 mortes da doença. São 2.653.407 recuperados.

COMPARTILHAR