Operação integrada combate crimes ambientais na Bahia

462
Foto: Divulgação SSP /BA

Uma grande Força-Tarefa, envolvendo a Secretaria da Segurança Pública, por meio do Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar, Ministério Público, Inema, Ibama, PF e PRF iniciou uma operação de combate a crimes ambientais, na Bahia. A 42ª Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) foi deflagrada, no dia 21 de março.

Os principais alvos da operação são extração ilegal de minérios, desmatamento ambiental, implantação de carvoarias e cerâmicas clandestinas, represamento de rios, desvio de recursos hídricos, captação irregular de mananciais, corte ilegal de madeira, dentre outros.

Utilizando a aeronave do tipo motoplanador guarnições do Graer mapearam 900 quilômetros quadrados do Oeste baiano, contemplando 11 municípios. “Flagramos pelos menos 70 alvos suspeitos, nas cidades de Correntina, Santa Maria da Vitória, Santana, Bom Jesus da Lapa, Coribe e Cocos”, informou o comandante do Graer, tenente-coronel Renato Lima. O oficial informou ainda que a operação seguirá para outras regiões do estado.

COMPARTILHAR