Pelé é ovacionado durante o sorteio da Copa 2018

644
Vladimir Putin (E), Pelé e Maradona no sorteio da Copa do Mundo Alexey NIKOLSKY / SPUTNIK / AFP

Rei do Futebol precisou receber a ajuda de três pessoas para se levantar. De Vladimir Putin a Maradona saudaram o maior jogador da história

Pelé foi um dos destaques do sorteio da Copa do Mundo, em Moscou e, pela primeira vez, dividiu um evento com Diego Maradona, nesta sexta-feira. O brasileiro foi chamado de “rei” por Gianni Infantino, presidente da Fifa, e levou os 6 mil convidados a ovacioná-lo no Palácio do Kremlin.

Pelé, que entrou em uma cadeira de rodas, precisou receber a ajuda de três pessoas para se levantar e sentar em seu lugar, na primeira fila. Ele se sentou próximo da cadeira onde estava Vladimir Putin, o presidente da Rússia, e Infantino, o mandatário da Fifa.

Antes, os ex-jogadores brasileiros que foram até o sorteio convidados pela Fifa fizeram questão de registrar o momento com o rei, com fotografias.

Pelé havia sido convidado pela Fifa para estar em outros eventos. Mas, por sua condição de saúde, não pôde fazer a viagem. Desta vez, o encontro com a Fifa também representou uma tentativa de superar as divisões. Ao ser anunciado pelo presidente da Fifa, o “rei” acenou ao público.

COMPARTILHAR