Polícia encontra esconderijo de drogas que iam para presídio

300
Foto: Divulgação SSP/BA

Um acampamento que servia como esconderijo de criminosos e drogas que seriam arremessadas para dentro de unidades prisionais em Salvador foi desmontado durante ação conjunta entre equipes do BG (Batalhão de Guardas), da Polícia Militar e, da Seap (Secretaria de Administração Penitenciária), na terça-feira, 21/07. Entorpecentes, celulares e mantimentos usados pelos bandidos foram apreendidos no local.

Segundo contou o comandante da unidade, tenente-coronel Djair Freitas, a ação foi iniciada após os PMs notarem a frequência na tentativa de entrada dos materiais nos presídios. “Iniciamos as buscas por volta das 10 horas da manhã em toda a área de mata fechada no entorno da Penitenciária Lemos de Brito e do Complexo Penitenciário da Mata Escura”, disse.

Durante duas horas e meia, os militares e os policiais penais da Cadeia Pública de Salvador percorreram o matagal, que tem saída para a avenida Gal Costa, via que liga a orla ao subúrbio de Salvador. Próximo a uma das guaritas, os PMs encontraram, escondido entre a plantação, dois quilos e meio de maconha, 300 gramas de cocaína e sete celulares.

“Conseguimos desmanchar a base que, com certeza, era usada por um trio que tentou arremessar os entorpecentes no presídio da Mata Escura no dia 9 de julho. Seguimos atentos e na busca por identificar os suspeitos”, concluiu o oficial.

Fonte: Rafael Rodrigues / Ascom / SSP/BA

COMPARTILHAR