PRF apreende carreta de combustível com nota fiscal fraudada na Bahia

172
Foto: Nucom / PRF/BA

As numerações dos lacres da carga divergiam dos dados informados na nota fiscal e o motorista também adotou uma rota diferente da esperada, o que elevou o grau de suspeita de indícios de fraude fiscal

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu uma carreta que transportava 42 mil litros de álcool com nota fiscal fraudada. A abordagem aconteceu no quilômetro 408 da BR 242, em Seabra, na Região Centro-Sul a 474 km de Salvador.

Em fiscalização de combate a criminalidade, policiais abordaram uma carreta Volvo/FH 420, acoplada um semirreboque (tanque). Durante a abordagem, foi verificado que o veículo estava transitando em rota incompatível com o trajeto a ser feito entre a origem e o destino da carga, o que gerou dúvidas em relação sobre a veracidade do documento.

Conforme descrito no documento, o carregamento de combustível tinha foi embardo em Vila Nova (GO) e tinha como destino a cidade baiana de Lauro de Freitas.

Os policiais também constataram que as numerações dos lacres da carga divergiam dos dados informados na nota fiscal.

Vale ressaltar que a substituição dos lacres durante o trajeto só pode ser feita com a presença de fiscais e com o devido registro em documento próprio, conforme legislação própria da Receita Federal, Secretaria da Fazenda do Estado e Agência Nacional do Petróleo.

Na entrevista, o motorista de 35 anos informou que recebeu a nota fiscal no local de embarque.

Os PRFs também constataram que a empresa descrita no documento fiscal é reincidente em crimes fiscais.

Em razão dos fortes indícios de sonegação fiscal, o combustível e os veículos foram retidos e encaminhados para a Sefaz (Secretaria de Fazenda Estadual), para os procedimentos administrativos e apuração das irregularidades e inconsistências tributárias.

Fonte: Nucom / PRF/BA

COMPARTILHAR