PRF prende 4 motoristas por embriaguez na Bahia

122
Foto: Nucom / PRF/BA

Os motoristas tiveram as carteiras de habilitação recolhidas e pagarão multa no valor de R$ 2.934,70 e ainda ‘ganharam’ 7 pontos na CNH

A Polícia Rodoviária Federal prendeu no fim de semana, 20 e 21, 4 condutores dirigindo sob influência de álcool nas rodovias federais da Bahia. Os resultados acendem um alerta sobre a consciência dos condutores a respeito do perigo da combinação consumo de álcool ao volante.

Em 2020, foram realizados quase 74.313 testes de alcoolemia com o bafômetro em todo o estado, o que representa o esforço da instituição no combate a embriaguez ao volante, infração tida como causadora de acidentes graves e muitas vezes fatais.

A primeira ação foi registrada no sábado, 20/3, no KM 117 da BR 407, trecho de Senhor do Bonfim (BA), quando uma equipe abordou um Vw/Novo Gol para fiscalização e, percebeu sinais de embriaguez por parte do condutor. O homem apresentava hálito etílico e andar cambaleante. Após submetê-lo ao teste de etilômetro, foi aferido o teor de 0.97 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

Já na tarde desse domingo, 21, mais três flagrantes de embriaguez foram registrados. O primeiro no km 363 da BR 324, município de Capim Grosso/BA, quando os PRFs notaram o motorista de um Fiat/Uno Eletronic transitando pela rodovia em ziguezague. O teste de alcoolemia realizado por ele constatou 1.03 mg/L de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. O homem encontrava-se bastante agitado e precisou ser atendido por uma unidade de saúde antes do encaminhamento policial.

Outra equipe visualizou em Ibotirama (BA), KM 584 da BR 242, um Ford/Cargo invadindo a faixa de trânsito no sentido contrário e o abordaram para verificação. Durante os procedimentos, foi verificado pelo etilômetro o teor de 0.89 mg/L de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

No início da noite, em Vitória da Conquista (BA), proximidades do Anel de Contorno, os PRFs foram atender um acidente, quando verificaram que o seu causador, um homem que conduzia um Fiat/Strada, demonstrava todos os indícios de embriaguez. Posteriormente, após submetê-lo a realização do teste de etilômetro, os policiais confirmaram as suspeitas através do teor aferido, 0,65 mg/l.

Todos os índices citados configuram crime de trânsito. Os envolvidos foram detidos e encaminhados à Delegacia de Polícia Judiciária local onde serão adotadas as medidas cabíveis.

Fonte: Nucom / PRF/BA

COMPARTILHAR