Renan chama senador de ‘vagabundo’ e ouve ‘ladrão, picareta’

229

Renan e Jorginho Mello foram contidos por colegas enquanto trocavam xingamentos

A CPI da Covid protagonizou mais um momento de troca de ofensas e confusão durante o depoimento de Danilo Trento nesta quinta-feira, 23/9. Desta vez, os protagonistas foram Renan Calheiros (MDB-AL), relator da comissão, e o senador Jorginho Mello (PL-SC).

O desentendimento teve início no momento em que o nome do empresário bolsonarista Luciano Hang foi citado. Hang teve a convocação aprovada pela comissão, e deve depor na CPI na próxima quarta-feira, 29, no âmbito do caso Prevent Senior.

Jorginho se irritou com a menção que Renan fez ao empresário. “Vá lavar a boca para falar do Luciano, um empresário decente, um homem honrado“, disse, ao que Renan respondeu: “Vá lavar a tua [boca], vagabundo“.

A partir desse momento, em dois trocaram ofensas como “ladrão“, “picareta” e novamente “vagabundo“.

Renan chegou a levantar da cadeira e ir até a direção de Jorginho. Nesse momento, colegas dos senadores e assessores do Senado interviram para impedir uma possível briga física.

Após a confusão e com os ânimos controlados, os senadores deram seguimento à oitiva de Trento. Munido de um habeas corpus, o empresário tem exercido o direito de permanecer calado, mesmo diante das críticas dos parlamentares.

COMPARTILHAR