Riachão do Jacuípe: Servidores fazem manifestação contra Zé Filho

580
Foto: Enviada por Whats'App

Centenas de servidores realizaram na terça feira (07) passeata para protestar contra a gestão municipal do prefeito Zé Filho, do PSD, que se recusa a dialogar com a categoria para mostrar as contas e esclarecer porque não pode pagar a Mudança de Letra de todo o grupo e Mudança de Nível do professor.

Em reação ao ato, o prefeito Zé Filho, segundo os manifestantes, teria mandado colocar cadeados no gabinete e depois de percorrer ruas de Riachão do Jacuípe, cidade na Bacia do Jacuípe a 195 km de Salvador, se dirijam à Câmara Municipal.

Na Casa Legislativa, os servidores foram recebidos pelos vereadores Robson Rogério, Lucas William, Catarina do Hospital, Nem de Aureliano e Milton da Chapada, que discursaram e mostraram apoio a causa dos servidores.

À tarde, juntamente com membros da CUT (Central Única dos Trabalhadores), o assessor jurídico e a Diretoria do Sinspum, em conjunto com a categoria, discutiram ações futuras do movimento, como indicativo de greve dos servidores municipais em Riachão do Jacuípe. O lema dos servidores é “Lutar sempre, desistir jamais”! Servidores juntos pela moralidade do funcionalismo público jacuipense.

Sispum emite nota de repúdio contra secretário

A Diretoria do Sinspum – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Riachão do Jacuípe – repudia a postura insensível, leviana e infantil do secretário de Educação de Riachão do Jacuípe Mario Jorge Bonfim. Além de não receber os servidores, o gestor coloca a frente de uma importante secretaria (Educação) uma pessoa despreparada, desequilibrada emocionalmente. Secretário. Segunde nota, o ato de estudar nos faz um ser humano melhor, parece que o seu título de mestre é um verdadeiro “ouro de tolo” em sua mão. Tão inteligente e tão arrogante!!! Se o senhor não tem como contribuir, afinal é um mero fantoche nas mãos do prefeito, aconselhamos que não use artifícios baixos e desnecessário. Sabemos que sua postagem sem sentido e infantil faz parte da sua falta de experiência diante de uma secretaria tão importante. A causa do servidor é nobre, a sua é voltada para seu umbigo:  o senhor está olhando meramente os seus interesses pessoais. Afinal, deve ser gordo o seu salário de secretário, mas o do servidor que está na rua, não! Por fim, ficamos com o pensamento de Paulo Cuba: “A arrogância cega o coração do ser humano, fazendo-o enxergar apenas o que lhe convém”.

COMPARTILHAR