S. F. do Conde: Quadrilha ordena Toque de Recolher, enfrenta a Polícia e 3 morrem

1093
Foto enviada por App

Depois de troca de informações entre policiais do Peto Um (Pelotão de Emprego Tático Operacaional), da 10ª CIPM (Companhia Independente da Polícia Militar), em Candeias, do Draco (Departamento de Repressão às Ações Criminosas Organizadas), da SSP/BA, e da 21ª DT (Delegacia Territorial), de São Francisco do Conde, na Região Metropolitana a 57 km de Salvador, davam conta que uma facção criminosa havia determinado ‘Toque de Recolher’, na localidade de Manguezal, no Distrito de Caípe de Cima, em São Francisco do Conde, e planejava praticar homicídios contra integrantes de outra quadrilha.

Os policiais montaram uma operação especial conjunta para abafar a ação criminosa, passar sensação de segurança e tranquilidade aos moradores da área. e tentar prender integrantes da quadrilha.

Mas, ao chegarem ao local no início da madrugada deste domingo, 28/06, as guarnições policiais se depararam com vários criminosos armados e reação do bando, quando se iniciou uma intensa troca de tiros com incursões dos policiais no distrito da cidade de São Francisco do Conde para capturar os indivíduos.

Depois de cessada a troca de tiros, os agentes do Draco, da 21ª DT e PMs da 10ª CIPM encontraram três homens caídos no chão. Mesmo socorridos e levados para o hospital, nenhum deles resistiu.

A Polícia ainda encontrou com a quadrilha:

▪1 revólver calibre 38 Taurus com numeração 1335349 com 4 cartuchos deflagrados e um intacto;

▪Mais 02 munições do mesmo calibre;

▪75 pinos de substância aparentando ser cocaína;

▪8 buchas de maconha;

▪1 PT 765 adaptada para .380 com numeração J2697;

▪Mais 02 munições do mesmo calibre;

▪1 revólver calibre 38 Taurus sem numeração com 4 cartuchos deflagrados 02 intacto

▪Cerca de 500 pinos vazios;

◾Meio tablete de maconha;

▪100 Gramas de cocaína;

◾01 Carregador de pistola .45.

Todo o material foi apresentado na 20ª DT (Delegacia Territorial), em Candeias.

COMPARTILHAR