Salvador: PM proíbe festa irregular com funkeiro carioca

747
Foto: Divulgação SSP / BA

Uma festa que teria apresentação do funkeiro carioca ‘Juninho da Dez’, conhecido por cantar músicas que exaltam o tráfico e o uso da violência, foi impedida durante operação conjunta realizada, na noite de sábado (24), por equipes da 40ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/ Nordeste de Amaralina) e das Rondas Especiais (Rondesp) Atlântico, na localidade conhecida como ‘Antigo Marinheiro’, Nordeste de Amaralina.

Uma pessoa foi presa com porções de entorpecentes prontas para comercialização no evento.

Quatro estabelecimentos comerciais do bairro, situados entre a Rua do Norte e Olaria, foram alvos de fiscalização após denúncias anônimas que revelaram a presença de homens armados e grande incidência de poluição sonora. Equipes da Superintendência de Controle e Ordenamento do Solo e do Município (SUCOM) também integraram a ação.

Trezentas e vinte pessoas que aguardavam o início do baile funk foram abordadas, entre elas um homem, de identidade ainda não revelada, capturado em flagrante com drogas. O criminoso foi encaminhado para 28ª Delegacia Territorial.

De acordo com o comandante da 40ª CIPM, major Amilton Souza, esse tipo de evento costuma atrair pessoas envolvidas com o comércio ilegal de entorpecentes e outros crimes. “Encontramos, ainda, um menor que estava em situação de risco”, revelou o oficial.

Fonte: Ascom SSP/BA / Marcia Santana

COMPARTILHAR