Salvador: Polícia apreende 144 quilos de maconha

451

Oitenta e quatro quilos de maconha, avaliados em mais de R$ 130 mil, foram apresentados à imprensa, na manhã desta quarta-feira (27), na 4ª Delegacia Territorial (São Caetano). A droga foi apreendida, no dia anterior, durante ação da 9ª Companhia Independente de Polícia Militar, na localidade da Bernarda, na Fazenda Grande do Retiro.

O delegado Nílton Tormes, titular da DT/São Caetano, que atendeu a imprensa ao lado do major PM José Raimundo Barros, comandante da 9ª CIPM, disse não haver ninguém no imóvel onde a droga – dividida em 51 sacos amarelos, pesando em média 1,6 kg – se encontrava depositada. Acrescentou que a maconha teria chegado recentemente ao local e estava aguardando ser preparada para comercialização.

Apesar de ninguém ter sido achado na casa, sabe-se que a droga pertenceria a uma organização criminosa, que atua na área e cujo chefe seria “Washington Boca Mole”, preso no Presídio de Segurança Máxima de Serrinha. Seu gerente, conhecido como “Dark”, comanda o tráfico na região e, apesar de não residir mais no imóvel, já estava arregimentando pessoal para embalar a maconha.

“Estamos trabalhando para localizar “Dark” e prendê-lo, pois temos relato de que a quadrilha aluga imóveis para guardar grandes drogas ou até mesmo se apodera de residências com este objetivo”, revelou o delegado, com base nas investigações de sua unidade. A maconha foi localizada depois de uma denúncia encaminhada à PM, que fez incursões no local.

Ferry Boat

Equipes da Operação Apolo da Polícia Militar e da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV) da Polícia Civil, junto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagraram, na manhã desta quinta-feira (28), Tiago Tadeu Santana Fazzio Carvajal transportando 60 quilos de maconha, na saída do Ferry Boat, em Água de Meninos.

Apreensão aconteceu durante abordagens que fazem parte do treinamento da PRF, onde estão participando policiais da DRFRV e da Apolo. A capacitação teve início na segunda-feira com aulas teóricas sobre possíveis fraudes no sistema de identificação de veículos.

Segundo o comandante da Operação Apolo, major PM André Pereira Borges, hoje foi iniciada a primeira aula prática. “Durante o procedimento, onde as equipes estavam conhecendo melhor sobre identificação de veículos adulterados, ocorreu o flagrante”, afirmou. O delgado titular da DRFRV, Marcelo Tânus, informou ainda que as ações continuarão durante a tarde em diversos pontos da cidade.

Tiago Tadeu Santana Fazzio e o material apreendido foram encaminhados para a DRFRV, localizada na região do Shopping da Bahia. O criminoso foi atuado por tráfico de drogas.

COMPARTILHAR