Salvador: Prefeitura entrega restaurante popular; prato a R$ 1

249
Fotos: Valter Pontes / Secom/PS

Equipamento inaugurado hoje pela Prefeitura vai fornecer 500 refeições por dia e ofertará cursos profissionalizantes

O novo restaurante popular da Prefeitura, inaugurado hoje, 28/05, em Pau da Lima, na periferia de Salvador, na comunidade conhecida como Jardim Cajazeiras, na Avenida Aliomar Baleeiros, é muito mais do que um espaço para refeições. No local, haverá também, em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), a oferta de cursos profissionalizantes nos setores de gastronomia, padaria, estética, corte e costura. Isso sem falar em áreas reservadas ao estímulo do empreendedorismo na localidade.

A entrega do equipamento, que era um compromisso da atual gestão, foi feita pelo prefeito ACM Neto, ao lado do vice Bruno Reis e da titular da Sempre (Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza), Ana Paula Matos. A distribuição das refeições já havia começado, em fase de teste, há cerca de três semanas, e contou hoje com a ajuda do próprio prefeito. Serão 500 por dia, sempre das 11h às 13h30, como já acontece no Restaurante Popular Cuidar de São Tomé de Paripe, no Subúrbio Ferroviário,  que até então era o único gerido pelo município, por meio da Sempre.

A exemplo do equipamento de São Tomé de Paripe, enquanto durarem os efeitos da pandemia as quentinhas serão entregues de graça e sem possibilidade de acesso às dependências do restaurante, evitando aglomerações. Quando o ambiente for de normalidade, o prato voltará a custar R$1 e poderá ser consumido internamente.

A titular da Sempre, Ana Paula Matos, disse que o equipamento terá outros parceiros além do Sebrae, a exemplo do Banco do Nordeste e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). “Além disso, teremos os serviços dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e Centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), com cadastros em programas sociais e auxílios. É um espaço pensado também pós pandemia, para que as pessoas possam ressignificar suas vidas e retomar a autonomia financeira”, declarou.

Fonte: Secom/PS

COMPARTILHAR