Salvador: Suspenso recadastramento obrigatório do cartão do SUS

487

Foi prorrogado para o dia 30 de setembro o prazo para os moradores de Salvador efetuarem o recadastramento do cartão do SUS (Sistema Único de Saúde). A medida, que começou em janeiro deste ano e que inicialmente valeria até esta segunda-feira, 31, segue determinação do Ministério da Saúde e é fundamental para que a capital baiana receba recursos da União na área.

O prefeito ACM Neto explicou que cerca de 700 mil pessoas efetuaram o recadastramento até agosto nos postos de saúde. Em função da pandemia do novo coronavírus e do consequente receio das pessoas em saírem de casa para fazerem o procedimento em unidades de saúde, a Prefeitura deu início ao recadastramento pelo site www.recadastramento.saude.salvador.ba.gov.br.

Vale lembrar que o recadastramento continua também de modo presencial em uma das 152 unidades básicas de saúde da rede municipal. Para o procedimento, os moradores da capital baiana deverão informar o RG ou certidão de nascimento, CPF ou cartão SUS e o comprovante de residência em nome do usuário ou de algum parente de primeiro grau. É possível também que uma pessoa da família realize o cadastro dos demais moradores, caso apresente toda documentação.

Toda a população deve ser recadastrada, até mesmo as pessoas que possuem plano de saúde e aqueles usuários que não utilizam com frequência o sistema do SUS. As pessoas que já possuem cadastro realizado pelo agente comunitário de saúde não precisam realizar o procedimento novamente.

Fonte: Secom/PS

COMPARTILHAR