Sem panetone: Irmãos Batista ficaram sem ceia de Natal na sede da PF

536

Dois dos pivôs do maior escândalo político de 2017, os irmãos Batista – Joesley e Wesley – não tiveram direito a comida especial neste Natal.

Presos na superintendência da Polícia Federal em São Paulo deste setembro, os irmãos donos da JBS receberam as famílias no dia 21 de dezembro, mas não receberam nenhuma comida natalina na carceragem. As informações são da Folha de S. Paulo.

Os dois estão detidos preventivamente por uma investigação sobre uma possível manipulação do mercado de ações após a delação da JBS.

Joesley chegou, inclusive, a gravar o próprio presidente Michel Temer (PMDB) em conversa no Palácio do Jaburu em que os dois falaram sobre o silêncio do ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB) e a Operação Lava Jato.

Na delação, o grupo da JBS relatou ter feito pagamentos a 1.829 políticos, mas as investigações sobre o assunto ainda engatinham.

COMPARTILHAR