Sorteio eletrônico oferece 13 mil vagas da Educação Profissional

557

A Secretaria da Educação do Estado realizou, nesta sexta-feira (2), no auditório da instituição, em Salvador, o sorteio eletrônico para mais de 13 mil vagas da Educação Profissional subsequente ao Ensino Médio (Prosub). A ação teve a presença do subsecretário da Educação do Estado, Nildon Pitombo, do superintendente da Educação Profissional e Tecnológica, Durval Libânio Mello, e do representante do Ministério Público da Bahia, José Vicente Lima.

As vagas disponibilizadas foram distribuídas de forma igualitária para as duas opções de acesso. Ou seja, 50% das vagas foram sorteadas para os estudantes que optaram por utilizar a nota do último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e 50% para os candidatos que se inscreveram para concorrer ao sorteio eletrônico aleatório.

Na ocasião, Durval Libânio Mello ressaltou a importância do sorteio. “É essencial pelo falto de termos uma ideia muito clara de como o estado demanda por cursos e, também, destacamos o alto número de inscritos, em torno de 51 mil”. Já Nildon Pitombo comentou que estes cursos fazem parte da estratégia da Secretaria da Educação de diversificar a oferta na rede estadual. “Esta é uma determinação do secretário Walter Pinheiro, de integrar cada vez mais a Educação Básica com a Educação Profissional. Além disso, estes cursos foram otimizados para que o estudante adentre com mais agilidade ao mundo do trabalho”, disse.

Elismare Amaral dos Santos, 35 anos, foi contemplada com uma vaga para o curso técnico em Administração, no Centro Estadual de Educação Profissional em Gestão e Negócios e Turismo Luiz Navarro de Brito, na capital baiana. “Estou muito feliz com esta conquista, porque terminei o ensino médio no ano 2000 e agora vou poder voltar a estudar para ingressar no mundo do trabalho em uma área que eu gosto muito”.

Quem também está comemorando é Kelly Stephanie dos Santos, 22. “Sempre quis fazer um curso técnico em Nutrição e Dietética e hoje eu fui contemplada com esta vaga. Já estou na expectativa para o início das aulas”.

Foto: Josenildo Almeida/Ascom Educação

COMPARTILHAR