Sul-Americana: Bahia vence e avança

195

O Bahia não teve dificuldade para confirmar a classificação à segunda fase da Sul-Americana. Nesta quarta-feira, 26/02, os comandados de Roger Machado venceram o Nacional-PAR por 3 a 1, depois de baterem os paraguaios por 3 a 0 no jogo de ida. Élber e Gilberto, duas vezes, marcaram para os brasileiros, enquanto Villagra fez para o Nacional.

Depois de carimbar a vaga na segunda fase, o Bahia agora aguarda a definição das equipes que avançam para essa etapa. Assim, a Conmebol realizará um sorteio para distribuir os confrontos da próxima fase.

O Bahia entrou ligado em campo e abriu o placar logo aos dois minutos da primeira etapa. Rossi fez grande lançamento nas costas da zaga para Élber, que tocou na saída do goleiro e marcou para o Esquadrão.

Aos 31 minutos, o árbitro marcou pênalti após o zagueiro do Nacional bloquear a bola com a mão dentro da área. Na cobrança, Gilberto bateu no meio do gol e deslocou o goleiro paraguaio. Ainda deu tempo do terceiro tento antes do intervalo: Juninho Capixaba lançou Rossi pela esquerda, que avançou e rolou para Gilberto empurrar para as redes.

Na volta para o segundo tempo, Lucas Fonseca cometeu pênalti ao tocar com a mão na bola dentro da área. Na cobrança, Villagra bateu por baixo de Anderson, que não conseguiu alcançar a bola.

Quebra de tabu

É a sétima participação do Bahia na Copa Sul-Americana e, pela primeira vez, um uma vitória fora do Brasil. Nas edições disputadas até aqui, o time baiano havia encarado equipes do Uruguai, Peru, Colômbia e Bolívia, mas não conseguiu sair vencedor em nenhuma partida realizada em território estrangeiro.

Próximo jogo

O adversário do Bahia na próxima fase da Copa Sul-Americana será conhecido por sorteio, a ser realizado pela Conmebol. O time profissional tricolor volta a campo no dia 7 de março, pela Copa do Nordeste contra o Confiança na Fonte Nova.

Time

O Bahia jogou com Anderson; João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Fl[avio, Gregore e Élber (Daniel); Rossi, Clayson (Arthur Caíke) e Gilberto (Fernandão).