Taxistas recolhem doações para as vítimas da enchente

827
Foto enviada por Whats'App

Um grupo de taxistas de Salvador, que fazem ponto na área do Bairro do Imbuí, solidários com a situação das centenas famílias vitimadas pela enchente causada nas cidades de Coronel João Sá e Pedro Alexandre, dois dos mais pobres municípios do Nordeste da Bahia, decidiu iniciar a arrecadação de alimentos, agasalhos e utensílios que possam ser enviados para a população desalojada (quando está sem poder voltar para casa) e desabrigada (quando perde quase tudo, inclusive a residência).

O grupo, que tem 20 integrantes e é liderado por Almir Andrade (Nariga), Eduardo Alcântara e Josenílson Figueiras (foto), espera a participação de muitos colegas, clientes e vizinhos do Imbuí, muitos dos quais mantêm boa relação, pois trabalham no local há décadas.

“Não é muito, mas se imitarmos o beija-flor no combate ao incêndio, estamos fazendo nossa parte”, esperando que outros soteropolitanos e baianos possam fazer o mesmo, afirma Almir Andrade, o Nariga.

Eles pretendem ampliar a campanha e colocam à disposição os números dos aparelhos celulares com os quais trabalham: (71) 99982-9982 (Nariga), (71) 99723-6124 (Nílson), Josafá (71) 99306-4191.

Ao assistirem pela TV e ouvirem no rádio a dificuldade da cidade, segundo o grupo, a ideia de ajuda surgiu e vai continuar enquanto puder ajudar crianças, adolescentes, idosos e até adultos neste momento muito mais difícil do que atravessam no cotidiano.

Coronel João Sá

A cidade com 17 mil habitantes, que fica a 415 km de Salvador, tem o IDH–M (Índice de Desenvolvimento Humano) de apenas 0,535, que é baixo. Em 2018, a receita total do município foi de R$ 50.169.565,83, mas apenas R$ 2.049.919,17 de receita própria. A maior parte restante é transferência.

Pedro Alexandre

A cidade de pouco mais de 20 mil habitantes, fica a 355 km de Salvador, e o IDH-M é inferior a 0,515. Em 2018, a arrecadação total foi de R$ 37.879.877,23, mas apenas R$ 1.291.269,51 é própria. A maior parte restante é transferência.

COMPARTILHAR