Vitória fica apenas no empate e no Z4

173
Foto: Pietro Carpi / ECV

Jogo no Manoel Barradas teve pouca emoção e terminou sem nenhuma bola dentro da rede

Vitória e Chapecoense pouco fizeram e terminaram empatados sem gols, no estádio Manoel Barradas, neste domingo, 17/1. Com o resultado, o Leão fica na 17ª posição, com 39 pontos. A Chape termina na vice-liderança, com 67 pontos.

Na próxima rodada, o Vitória encara o Guarani, em Campinas. A Chapecoense recebe a Ponte Preta, na Arena Condá.

A etapa inicial foi agitada no Manoel Barradas. Os dois times entraram ligados em campo e chegaram com qualidade. O Vitória abusava dos chutes de fora da área, que foram bem defendidos pelo goleiro João Ricardo.

Por outro lado, a Chape assustou com Anselmo Ramon. Na melhor oportunidade, o atacante perdeu um gol dentro da pequena área ao chutar por cima.

Na etapa final a partida teve uma queda no ritmo, mas a Chapecoense era perigosa nas descidas. Após cruzamento, Aylon cabeceou e César salvou. Na sobra, Anselmo Ramon chutou e o goleiro do Leão pegou outra.

Com a obrigação de conquistar os três pontos para permanecer fora da zona de rebaixamento, o Vitória pouco fazia. A chance mais perigosa veio na bola parada, quando Marcelinho cobrou falta e João Ricardo mandou para escanteio.

Ficha Técnica

Vitória 0x0 Chapecoense – 35ª rodada da Série B

Estádio: Manoel Barradas, em Salvador.

Cartões amarelos: Thiago Lopes (Vitória); Paulinho Moccelin (Chapecoense).

Cartão vermelho: Derlan (Chapecoense)

Arbitragem: Vinicius Furlan, auxiliado por Alex Ang Ribeiro e Evandro de Melo Lima (trio de São Paulo).

Vitória: César; Van (Léo Morais), João Victor, Wallace e Leocovick; Lucas Cândido (Dudu), Matheus Frizzo e Fernando Neto; Thiago Lopes (Alisson Farias), Léo Ceará (Samuel) e Rafael Carioca (Marcelinho). Técnico: Rodrigo Chagas.

Chapecoense: João Ricardo; Matheus Ribeiro, Felipe Santana, Derlan e Roberto (Rafael Santos); Willian Oliveira, Ronei (Lucas Tocantins) e Denner (Alan Santos); Aylon (Foguinho), Anselmo Ramon e Paulinho Moccelin (Bruno Silva). Técnico: Umberto Louzer.

COMPARTILHAR