Previsão do tempo para o fim de semana na Bahia

169
Praia do Porto da Barra / Salvador

Segundo o Inema (Instituto de Meio Ambiente de Recursos Hídricos da Bahia) nesta sexta-feira, 21/5, o tempo firme predominará em praticamente todo o território baiano. Apenas em pontos isolados da Região Nordeste que poderão ocorrer eventos de chuva, ainda assim de curta duração e com volumes reduzidos. Para as demais Regiões do Estado, incluindo a cidade de Salvador, a previsão é de céu variando de parcialmente nublado a claro e sem indicativo de chuva. Essa condição de pouca nebulosidade contribuirá para a elevação das temperaturas, sobretudo no interior do Estado, onde as máximas poderão chegar aos 36°C na Região do São Francisco.

No decorrer do sábado, 22, ainda poderão ocorrer chuvas de curta duração em pontos isolados da Região Nordeste da Bahia. Nas demais áreas do Estado o céu permanecerá com pouca nebulosidade e sem ocorrência de precipitação. Para Salvador e RMS a previsão é de céu com variação de nebulosidade e sem chuva. As temperaturas na capital baiana deverão oscilar entre mínimas de 24°C e máximas de 29°C.

Para o domingo, 23, a previsão é de tempo firme em todas as regiões da Bahia. As temperaturas deverão variar entre mínimas de 11°C em locais de maior altitude da Chapada Diamantina e máximas que poderão ultrapassar os 35°C em alguns pontos da Região do São Francisco. No período da tarde os índices de umidade relativa do ar poderão ficar abaixo de 25% em grande parte das regiões Oeste e do São Francisco. Para a capital baiana a previsão é de céu parcialmente nublado e com temperaturas estáveis, oscilando entre mínimas de 24°C e máximas de 29°C.

Tendência para a segunda-feira, 24

A tendência é de que na segunda-feira a nebulosidade permaneça reduzida na maior parte do Estado. De forma geral, a próxima semana deverá ser de poucas chuvas sobre a Bahia.

Chuva registrada no período das 09h do dia 20/05 às 09h do dia 21

Nas últimas 24 horas os volumes de chuva registrados no Estado permaneceram bastante reduzidos, com os maiores acumulado não ultrapassando 2 mm.

Fonte: Ascom Inema/BA

COMPARTILHAR